segunda-feira, 16 de maio de 2011

JoãoCurió, Comunistinha e o deputado Jair Bolsonaro !!!



































Na padaria de sempre, com o Amauri já sabendo do que eles gostam foi logo servindo duas médias e 4 pães de queijo.
- Quais as notícias boas e ruins de hoje, JoãoCurió? Só não vale dizer, tenha dó, sobre àquela blogueira cubana, todas as vezes você faz questão de tocar neste assunto...
- E você, Comunistinha, também tenha dó, e páre de falar sobre conspiração da CIA, pelo amor de Deus!
- Me diga, JoãoCurió, e este tal de deputado chamado Jair Bolsonaro do Rio de Janeiro, qual sua opinião sobre ele?
- Ele precisa fazer média, Comunistinha, já viu né, senão não elege, mas você há de convir que este deputado tem o direito de expor suas idéias, afinal vivemos numa democracia, é um direito legítimo dele.
- Claro, JoãoCurió, se até os animais tem os seus direitos e leis que os protegem, quanto mais este animal chamado Jair Bolsonaro.
- Nem tanto ao céu, nem tanto à terra, Comunistinha, você têm momentos que é super radical.
- Sei não, JoãoCurió...sei não. Este deputado Jair Bolsonaro me lembra de um caso famoso ocorrido na terra dos Yankees, um promotor chamado Cohn, vivia perseguindo os gays e os comunistas, detonava todo mundo.
- De onde você tirou esta idéia, Comunistinha, lá vem você com suas paranóias...
- Não é paranóia, basta você pesquisar, até virou filme com o ator James Wood.
- E?
- Era a época do chamado período “ Marcatista”, este promotor perseguiu até atores. Devia ser totalmente transloucado.
- O que tem uma coisa a ver com outra, Comunistinha? Qual o paralelo deste deputado Jair Bolsonaro com este promotor chamado Cohn?
- Aí é que está o enigma, JoãoCurió. Este machão, o promotor, era o maior gayzão, dormia todas as noites na casa da sua mãe com a proteção dela, escondido de todo mundo, cada noite dormia com um cara diferente.
- Onde você quer chegar, Comunistinha?
- Pensa um pouco, JoãoCurió, pensa um pouco...pensou?
- Será, Comunistinha? Você tá querendo dizer que pode existir uma semelhança entre este promotor e o deputado Jair Bolsonaro?
- Vai saber, JoãoCurió, vai saber...O cara bate no peito lá no Congresso Nacional e diz que é machão, será que lá dentrinho dele não existe nada escondido?
- É, Comunistinha, desta vez você me pegou desprevenido, pensando bem existe uma pequena lógica no seu raciocínio. Acaba que você me lembra também de um filme chamado “ Beleza Americana” com o ator Kevin Spacey. Um personagem vizinho deste ator, no filme, faz o papel de um militar durão, vivia dando porrada no filho, chamando-o de fraco e bicha, no final das contas o militar durão foi procurar o vizinho pra transar, era gay enrustido. Veja só como são as coisas.
- Tai, JoãoCuró, tai...de repente este deputado Jair Bolsonaro não passa de um sofredor e recalcado enrustido, vai ver, tá louquinho pra dar uma transadinha com outro militar se é que já não deu.
- Mudando de assunto, Comunistinha, tá dando o que falar a reação de alguns moradores no Bairro Higienópolis em São Paulo.
- Também pudera, JoãoCurió, os moradores não querem que passem por lá “ gente diferenciada”!
- Àquela psicóloga Guiomar Ferreira exagerou na dose não tem dúvida, ao dizer que no bairro dela não poderia ter mendigos, camelôs e drogados, ela jogou merda no ventilador...por outro lado...
- Por outro lado o quê, JoãoCurió? Não vai me dizer que ela está certa ou quase certa?
- Calma, Comunistinha, calma, posso concluir meu raciocínio?
- Pode sim, JoãoCurió, mas como te conheço muito bem quando você citou “ por outro lado” já imaginei o que não devia ter imaginado...
- Não estressa...não estressa, Comunistinha...
- Como não? Esta psicóloga Guiomar Ferreira quando berra que não quer “ gente diferenciada” em seu bairro, seria gente com 3 pernas? Gente com 5 cabeças? Ou com 30 braços e 50 dedos? Ou gente com 3 metros de altura? Ou “ mula sem cabeça” e lobisomem? Lembra do caso Mayara Petruso, JoãoCurió?
- A estudante de direito?
- Exato, ela soltou no twitter a seguinte frase: É dever de cada cidadão que mora em São Paulo afogar um nordestino, ajude S. Paulo, vai que esta psicóloga Guiomar Ferreira chama a Mayara Petruso e outras Mayaras da vida, em pleno século 21 voltou o nazismo, é puro racismo.
- Em parte você tem razão, em parte, Comunistinha!
- No mínimo, no mínimo JoãoCurió, esta piscóloga teria que ser intimada pelo Ministério Público para depor e esclarecer o real significado de “ gente diferenciada” e fazê-la prestar um serviço comunitário nas periferias, de manhã até a noite, uma boa exemplada seria uma lição que ela jamais iria esquecer na vida.
- É, Comunistinha, é!...
- Tô errado, JoãoCurió?
- Tenho que respeitar seu ponto de vista.
- Dia destes, JoãoCurió, fiquei pensando muito tempo sobre um assunto, martelou na minha cabeça sem parar!
- Qual assunto?
- Sobre a suposta morte de Bin Laden!
- Suposta, Comunistinha?
- Sim senhor: su-pos-ta!
- Analisa comigo, JoãoCurió!
- Analiso, mas sem exagero, vai!
- A família Bin Laden sempre teve negócios com a família Bush, eram de casa...
- Continua...
- Vai que o Barake arma uma mutreta com o apoio dos Bushs?
- Não estou entendendo, Comunistinha, são publicamente inimigos em todos os aspectos...
- Aí é que entra todo o esquema, JoãoCurió. São inimigos políticos e lá nas entranhas dos encontros secretos, dos assessores que fazem a ponte entre um e outro sem ninguém saber? Quem prova que o Barake e o Bushs não são amigos íntimos secretamente?
- Continuo no ar, Comunistinha! Seja mais objetivo.
- O Barake estava desmoronando nas pesquisas, saiu o boato que ele era Mulçumano, teve que provar que havia realmente nascido nos EUA...
- E qual o problema deste questionamento sobre o presidente dos EUA?
- Diante de tantos problemas, vai que o Barake arma um esquema com a família Bush?
- Ficou maluco, Comunistinha?
- Entra o lance do petróleo do qual a família Bush está envolvida com toda a família dos Bins Ladens, aí, Barake pede ajuda aos Bushs, implorando que eles arrumem um sósia do terrorista já que eles têm tanto contato com os Laden. Pronto, resolvido o problema.
- Qual problema, Comunistinha?
- Ué, a família Bush entra em contato com os Bin Laden, explicam direitinho à maneira deles que precisam de um sósia do terrorista, eles de pronto arrumam, o Barake vai lá e o mata jogando no mar, tá com a reeleição garantida e os Bushs mandando do mesmo jeito, só que discretamente.É isso aí, JoaõCurió!
- Me perdoe, Comunistinha, parece novela mexicana ou filme de ficção B.
- Indo de alho para bugalho, JoãoCurió, vi uma foto da Rita Cadillac que me deixou arrepiado.
- Nem me diga, Comunistinha, tempos atrás assisti um show dela nem te conto, fiquei extasiado...em ponto de bala...
- Dizem, JoãoCurió, que a bunda da Rita Cadillac é a única bunda pensante da terra, sabia?
- De onde você tirou essa, Comunistinha?
- A Rita Lee deu uma declaração dizendo...sobre a bunda da Rita Cadillac. E vai me dizer que não é, JoãoCurió?
- Se a bunda dela é pensante eu não sei te dizer, mas que a bunda dela poderia ser incluída nas 7 maravilhas modernas do mundo poderia sim!

Miquito Mendes!!!

Um comentário:

  1. kkkkkkk muito "loko" essa seqüência de historias e palavras

    ResponderExcluir